sábado, 12 de janeiro de 2013

Exercícios na gestação e protetor solar para bebês

Olá meninas... voltando aos pouquinhos.
Vamos lá né, temos bastante assunto!

Encontrei essas 2 matérias e achei bem interessante, principalmente pra quem é mãe ou está planejando seu filhote.
Grande beijo, espero que gostem. Logo estarei de volta com posts de beleza.

Fonte: bebe.bolsademulher
Aprenda exercícios para amenizar dores da gestação
exerciciogravida_shutterstock_54212437
A gravidez é um momento único, onde a mulher observa muito mais atentamente seu corpo, a fim de acompanhar as mudanças que acontecem para que ela possa dar a vida ao tão esperado bebê. O momento é mágico, mas essas alterações podem causar algum incômodo para parte das gestantes, que sentem dores musculares e também na região pélvica. Para quem passa por isso, a fisioterapeuta Mônica Lopes ensina alguns exercícios simples que podem ser feitos em casa e ajudam a aliviar as dores.


Mais do que os benefícios para o bem-estar físico, as indicações da especialista em uroginecologia ajudam a ter uma gravidez muito mais tranquila e relaxada, além de as atividades aproximarem ainda mais a mãe do bebê. “Os exercícios incrementam o metabolismo e a respiração, fortalecem músculos e articulações, diminuem o inchaço e proporcionam bem estar através dos alongamentos e relaxamentos”, explica Mônica.
Para fazer as atividades, o ideal é que a gestante possua mais de três meses de gravidez e tenha a liberação do seu obstetra.
Confira as instruções da fisioterapeuta:
Massagem dos músculos trapézios - Fique de pé, de costas para a parede, coloque a bolinha entre a coluna e a escápula (aquele osso que possuímos nas costas, abaixo do ombro). Mova para cima e para baixo por um minuto. Quanto mais deixar seu corpo pesado contra a parede, maior pressão e profundidade irá sentir em sua massagem. Respeite seu limite! Repita o mesmo para o outro lado.
Variação da massagem do Trapézio - Outra alternativa para a massagem anterior é deitar no chão, de barriga para cima e pernas flexionadas e colocar a bolinha no mesmo local descrito antes. Deslizar o corpo para frente e para trás ou simplesmente relaxar mantendo a respiração calma. Se essa bolinha incomodar, pode ser realizado inicialmente com uma mais macia.
Massagem dos músculos paravertebrais - Fique de pé, de costas para a parede, coloque a bolinha em cima da musculatura da coluna. Atenção para não colocar em cima das vértebras. Então deslize o corpo para cima e para baixo. Repita para o outro lado.
Massagem dos pés - De pé, apoie um dos pés na bolinha, pressionando-a contra o solo, deslizando para frente e para trás. Faça até perceber o relaxamento. Repita no outro pé.
Alongamento do músculo piriforme - Sente-se no chão com pernas cruzadas (pernas de índio) e coloque a bolinha de tênis embaixo do ísquio (aquele osso mais protuberante do bumbum). Você irá sentir um leve desconforto. Fique por 20 segundos com a bolinha e ao retirar sentirá uma sensação gostosa. Repita para o outro lado.
Massagem do músculo Piriforme - Sente-se no chão com uma perna esticada e outra flexionada. Coloque a bolinha embaixo do glúteo do lado da perna que está flexionada. Então deslize o corpo para frente e para trás. Repita para o outro lado.
Para aumentar a circulação sanguínea das pernas - Escove as pernas com uma escova de cerdas macias dos pés em direção ao quadril. Essa escovação também pode ser feita pelo companheiro ou por uma amiga.

Outro artigo muito interessante é sobre o protetor solar.

Aos seis meses, bebês precisam de protetor solar
protetor-solar-bebe
Mariana Bueno
Do Bolsa de Bebê
Todo mundo sabe que proteger a pele do sol é fundamental. E para os bebês, os cuidados precisam ser ainda  maiores, pois eles possuem uma pele mais sensível, que pode ficar avermelhada e sofrer os danos do sol com mais rapidez. A dermatologista Samantha Kelmann, do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, explica que o contato dos bebês com o sol deve começar gradualmente, iniciando com poucos minutos diários, a partir do segundo mês de vida, e sempre nos horários permitidos – pela manhã até às 10h e no final da tarde após as 16h. “Atenção: se estivermos no horário de verão então devemos calcular uma hora a menos”, alerta. Mesmo fora desses horários, quanto mais protegida a criança estiver, melhor. E independente de estar ou não exposta ao sol, o uso do filtro solar deve ocorrer diariamente em passeios externos.
É importante ressaltar que o protetor só pode ser usado a partir dos seis meses de idade e não deve ser o mesmo dos adultos. “Existem os filtros especiais para os bebês com moléculas maiores que protegem bem – filtros físicos – e absorvem menos. E sempre maior que fator 30. Como o FPS é relacionado aos raios UVB, também é importante averiguar se o filtro possui proteção UVA”, explica a dermatologista.
Outra recomendação é evitar usar cremes ou loções de corpo inteiro em crianças com menos de seis meses, pois a pele mais sensível perde mais facilmente a capacidade de proteção contra os agentes externos agressores.
Comentários
4 Comentários

4 comentários:

Liny Miller disse...

Amei o blog.Te vi lá no União da Blogueiras!!!
Bjus

http://blogluminoso.blogspot.com.br/

Rosana Teixeira disse...

Olá! Vim conhecer o seu blog e já estou te seguindo. Te convido a me fazer uma visitinha e conhecer o meu cantinho.
Um super beijo
http://artinfelt.blogspot.com.br/

Talita Vieira disse...

Belas dicas, gostei!

Beijos
Agenda Fashion

keli daudt disse...

estou te seguindo bjks

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...