sexta-feira, 22 de março de 2013

Como evitar as mordidas do meu gatinho

Olá amigas(os)!

Hoje o post é bem diferente... mas vale como dica, principalmente pra quem tem e pra quem é apaixonado por gatos.
Talvez vocês já tenham visto aí no blog fotos da minha criança a Fiona. Ela é uma gatinha muito querida, muito meiga, tanto que o miadinho dela quase não sai quando ela quer algo...

Bom, mas em compensação, nós adotamos um danadinho final do ano passado e ele é bem sapeca!! Mas é claro, ele é mais "vira-pires" como posso dizer do que a Fiona, seu nome é Nero, e por isso gosta de um espaço maior, e com mais coisas para se entreter. No entanto, no momento estamos num espaço pequeno e assim ele acaba se estressando um pouco também.
O problema é que ele tem a mania de morder meus dedos, e isso ele faz desde pequeno. Vejam uma foto dele, que coisinha linda






Aí ele ainda estava pequeno, mas agora já está do tamanho dela e bem gordinho...

Mas, eu encontrei essas dicas e decidi colocar aqui pra vocês, pois eu já estou tentando algumas... não é fácil, mas vale tentar, caso contrário, levá-lo ao veterinário. O Nero ainda não foi castrado, então ainda estou com esperanças!

Beijinhus e obrigada pela visita!

Fonte: Labovet


Gatinhos são animais carinhosos e brincalhões. Porém, existem muitos casos de o bichinho dar mordidas nos donos nas situações mais inesperadas, como nas brincadeiras ou enquanto fazemos carinho. Mas não se assuste! Seu gatinho não está fazendo por maldade. Alguns gatos, principalmente os mais novinhos, precisam exercitar o “instinto de caçador” que têm, então vão querer morder toda e qualquer coisa que apareça na frente deles se movendo.
Outros mordem para reconhecer quem está ao redor, e outros ainda mordem por não saber o que sentir na hora de receber carinho. Estranho? Pode parecer, mas é o instinto deles que fala mais alto.
 Existem formas de controlar esse comportamento do seu gatinho, vamos a elas:
- Quando estiver afagando ou brincando com seu gatinho e ele morder, pare de interagir e deixe-o de lado. Não seja agressivo, apenas pare por mais que ele insista em brincar.
- Leve-o ao veterinário – ele pode estar se comportando agressivamente por estar machucado, atacando quando você toca alguma parte dolorida.
- Castrar o gatinho pode ser uma boa saída para diminuir a agressividade também.
- Conheça o seu gato: Se você sabe que ele não gosta de carinho em certas regiões, como por exemplo, no abdômen, ou não gosta de ser pego no colo, evite.
- Preste atenção aos sinais: na maioria das vezes eles dão sinais antes da mordida, como abaixar as orelhas e emitir sons.
- Evite brincar usando as mãos, substitua por brinquedos que não machuquem, como por exemplo, bichinhos de pelúcia.
- Recompense seu gato quando brincar sem mordidas, para ele associar o bom comportamento às recompensas.
- Passe um tempo com seu gato, muitas vezes eles ficam agressivos por passarem muito tempo sozinhos.
Se mesmo com essas dicas seu gatinho não parar de atacar, não deixe de procurar um veterinário para saber as possíveis causas do mau comportamento!
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

Claudia Victória disse...

Amei o seu gatinho!!!!!!!!!!!!!!

http://momentosdemodaebeleza.blogspot.com.br/

Jaah disse...

Oi, Tudo bem? Que lindo seu blog!!! Passei pra conhecer e já estou seguindo!
Quando puder visitar o meu, ficarei muito feliz se me seguir também!
Beijos
Jaah
http://templatesdajaah.blogspot.com.br/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...